Otimização e Saneamento Cadastral do CEST

Esta validação entraria em 01/jan/2016. Foi alterada para para 01/04/2016 via convênio ICMS 139, de 04/dez/2015 e postergada novamente para 01/10/2016 via convênio ICMS 16, de 24 de abril de 2016.

O que é o CEST?

O Código Especificador da Substituição Tributária, promove a uniformização e identificação das mercadorias sujeitas aos regimes de substituição tributária e de antecipação de recolhimento do ICMS, conforme Convênio ICMS 92/2015. 

O CEST é composto por 7 (sete) dígitos e é subdivido da seguinte forma:


Para compreensão da composição do código CEST, define-se no convênio:

- Segmento: refere-se ao agrupamento de itens de mercadorias e bens com características assemelhadas de conteúdo ou de destinação;

- Item de Segmento: refere-se a identificação da mercadoria, do bem ou do agrupamento de mercadorias ou bens dentro do respectivo segmento;

- Especificação do Item: refere-se ao desdobramento do item, quando a mercadoria ou bem possuir características diferenciadas que sejam relevantes
 

Providências Operacionais:

Para quem utiliza ERP a maioria dos fornecedores estarão aos poucos acrescentando um campo para inclusão do número CEST. Porém, esta mudança acaba não resolvendo o maior problema que já existe hoje na área fiscal e contábil que é informar o código CEST correto para cada item e garantir que a operação de faturamento da empresa não pare devido à falta de informações obrigatórias. 


Impactos operacionais:

Na hipótese do documento fiscal em relação à mercadoria sujeita ao ICMS-ST sem a informação do CEST, o documento fiscal será rejeitado.

806: Rejeição: Operação com ICMS-ST sem informação do CEST

Esta validação entraria em 01/jan/2016. Foi alterada para para 01/04/2016 via convênio ICMS 139, de 04/dez/2015 e postergarda novamente para 01/10/2016 via convênio ICMS 16, de 24 de abril de 2016.

 
Solução BECOMEX - Otimização e Saneamento Cadastral do CEST

Oferecemos uma solução de otimização do processo de saneamento do cadastro de itens, que contempla o acesso ao Portal de Gestão Tarifária BECOMEX, um sistema WEB que permite importar o cadastro de itens da empresa, seja de um arquivo exportado do ERP ou através da importação do arquivo SPED Fiscal de um determinado período.


Após a importação, o usuário terá uma interface especialmente preparada para que o cliente possa baseado em sugestões cruzadas com a tabela CEST, identificar quais itens precisam receber o Código Especificador da Substituição Tributária, agilizando em muito a atividade. O resultado será um cadastro de itens devidamente ajustado, que poderá ser exportado para um formato de integração com o ERP da companhia.


Além da atividade otimização do processo de saneamento do cadastro de itens, a BECOMEX oferece formas de monitorar as transações comerciais, para que itens comprados e vendidos possam ser devidamente e previamente identificados, e alertados quando de incorreções no processo de emissão da NF-e.