26 de novembro de 2018 por Becomex

Perdeu o prazo para pleitear novos Ex Tarifários Automotivos? Comece agora a preparação para a próxima oportunidade

Por Murilo Ramos

Se você está lendo esse texto é porque entende que é possível ampliar ganhos com a gestão do Ex-Tarifário Automotivo na sua empresa, certo? Infelizmente, a oportunidade de solicitar novas reduções de 12% (em média) no custo de componentes importados, já foi encerrada nesse ano de 2018. A boa notícia é que a sua empresa ganhará outra chance logo no primeiro semestre de 2019 com a abertura de uma nova janela de oportunidades.

Por isso, é bom se preparar

Em primeiro lugar, é importante destacarmos que quando o tema é Ex-Tarifário Automotivo, estamos falando de dois conjuntos de empresas (montadoras e fornecedoras de componentes) com necessidades completamente diferentes. Cada qual com o seu objetivo, como eu explico neste artigo.

No texto a seguir, você vai encontrar dicas sobre como as montadoras podem se preparar para o momento de uma nova janela. Acompanhe:

As principais dificuldades

As montadoras de automóveis são multinacionais gigantes onde o tamanho e a quantidade de processos organizacionais dificultam o recolhimento e a organização de informações a serem declaradas para as entidades responsáveis.

Para essas empresas, a redução de custos pode chegar a expressivos 10, 20 ou até R$ 50 milhões por ano. Entre as dificuldades mais comuns diante de um processo de Ex-Tarifário, encontramos duas dores latentes as quais podemos trabalhar:

1- Acompanhar as datas e prazos das janelas de pleitos
2- Chegar a esses prazos com a organização já realizada.

Organizando os processos

Quando um parceiro estratégico atua ao lado de uma empresa desse porte, a organização de processos às vezes chega a passar por 30 pessoas diferentes dentro da companhia. São gerentes, engenheiros, compradores e analistas em diferentes estados do Brasil, inclusive profissionais e departamentos de fora do país.

Então, como chego preparado para uma data com pouca margem para negociação de prazos? Como conquisto a atenção de profissionais que já estão envolvidos em montanhas de trabalho em suas áreas?

Papo com o especialista

Como comentamos inicialmente, o Ex-Tarifário é uma oportunidade para as empresas importarem produtos, quando não há a produção nacional, com uma carga tributária reduzida. Por isso, nas montadoras, quem tem muitas informações relevantes é o engenheiro responsável pelo componente.

Sabemos que o engenheiro tem as suas demandas, mas as áreas de Relações Governamentais, customs, fiscal e tributária tem uma data para colocar pleitos de redução de custos. Então, o que fazer? Procurar um parceiro estratégico pode ser a solução.

O papel do parceiro estratégico

Um parceiro estratégico saberá encontrar dentro da estrutura da companhia com centenas ou até milhares de pessoas a maneira ideal para coletar as informações sobre componentes importados, organizar todas elas no formato exigido pelo governo e apresentar tudo dentro dos prazos governamentais.

Para uma grande montadora fazer tudo isso, por mais competentes que sejam todos os profissionais envolvidos, é muito difícil. São muitas pessoas com objetivos diferentes e metas ousadas já existentes para cada departamento. Isso dificulta o trabalho para uma única pessoa ou departamento movimentar sozinha essa roda gigantesca dentro das empresas.

A solução

Exatamente por isso, um dos pontos de atenção do Ex-Tarifário Automotivo é o envolvimento de diversos departamentos, inclusive da área de compras. Precisamos movimentar o setor de Compras e Relações Governamentais, pois são pessoas dedicadas a conversar com o Governo e a saber as negociações em andamento. Por serem muitas áreas envolvidas, todas devem estar muito bem alinhadas e de acordo com a estratégia do parceiro. Só assim a empresa conseguirá extrair o máximo benefício sobre aquele pleito.

O que passou, passou. Não tem com recuperar. Porém, sua empresa pode se preparar para a próxima janela. Não deixe para a última hora, busque ajuda e esteja pronto para uma nova oportunidade no ano que vem. Vamos começar?

Becomex

Veja outros posts!