Drawback Isenção Intermediário: aplicação no setor automotivo

Postado por Fredi Moser em 28/07/2016

 

Com o Drawback, as empresas podem se beneficiar da desoneração nas etapas de produção a partir da isenção de impostos federais – IPI, Imposto Importação, taxa de marinha mercante (AFRMM) e COFINS – e da redução na base de cálculo do ICMS. No caso do setor automotivo, Isenção está entre a melhor opção entre as modalidades de Drawback. Temos, inclusive, um case da Faurecia, fornecedora global de equipamentos automotivos, sobre como otimizar ganhos no regime de Drawback.O Drawback Isenção Intermediário é uma das possibilidades para que fornecedores de peças e componentes e montadoras de veículos melhorem a competitividade no mercado interno e externo. Para ser competitivo, esse segmento precisa buscar estratégias que possam reduzir seus custos e aumentar sua rentabilidade. 

 

O potencial para a geração de ganhos com o Drawback Isenção Intermediário é maior em cadeias de suprimentos pelo volume de produção dos fornecedores e pelo volume de exportação das montadoras. Outro fator que deve ser levado em conta é que o setor automotivo, considerado pelos especialistas um setor maduro, possui diversas metodologias de otimização dos processos de fornecimento e de redução de custos. Ou seja, a cultura interna das empresas já mostra interesse por resultados que podem ser ampliados consideravelmente com um projeto de Drawback Isenção Intermediário.   

Visão clara das vantagens do Drawback Isenção Intermediário

Neste cenário, é importante ressaltar que o principal benefício gerado pelo Drawback Isenção Intermediário para o setor automotivo é potencializar as exportações de veículos, caminhões, máquinas, equipamentos e peças pela redução de custos diretos de fabricação e pela eliminação da carga tributária acumulada ao longo da cadeia produtiva. Por isso, a decisão de aderir ao Drawback Isenção Intermediário, por parte das empresas da cadeia produtiva, exige uma visão clara dos benefícios gerados pela isenção fiscal. 

Deve-se observar que há oportunidades de ganhos para todas as montadoras e fornecedores de primeiro nível, uma vez que a cadeia produtiva brasileira de máquinas, de caminhões e de veículos responde por um volume importante de exportações. Mesmo para aquelas montadoras com maior grau de nacionalização dos seus fornecedores há ganhos relevantes em pauta, principalmente pela evolução tecnológica aplicada aos novos produtos.

  

Apoio especializado para derrubar barreiras e construir projetos

 

Mas mesmo que bons motivos não faltem para que as empresas do setor automotivo façam seus projetos de Drawback Isenção Intermediário, existem barreiras que precisam ser derrubadas para que toda a cadeia de fornecimento seja beneficiada. A principal delas é a desconfiança que os fornecedores costumam ter pelo fato da adesão ao Drawback intermediário na cadeia de fornecimento envolver o compartilhamento de informações que são estratégicas para o negócio. E como a concessão da isenção fiscal por esta modalidade depende da participação das duas partes – fornecedores e montadoras – cria-se assim um impasse que dificulta a operacionalização do projeto.

Não por acaso, colaboração é uma das palavras-chave no processo de implementação do Drawback Isenção Intermediário. Quem ajuda nesta tarefa de unir os dois lados são consultorias especializadas, que assumem o papel neutro de realizar a operação com segurança, agilidade e, principalmente, confidencialidade no compartilhamento de informações. A contratação de uma consultoria reduz custos, mas principalmente agiliza a busca de parceiros para alavancar e colocar o projeto em prática.

Como as montadoras exportam peças e componentes de fornecedores em seus produtos finais, a estrutura para começar a utilizar o benefício do Drawback Isenção Intermediário já está posta. Para a execução do projeto técnico, oferecemos ainda a plataforma do Portal Automotivo, ferramenta web que simplifica a coleta de dados e a preparação dos atos concessórios para os fornecedores participantes. Ambos os parceiros podem, via portal, acompanhar o uso dos atos concessórios e verificar os ganhos auferidos para sua cadeia. 

Há mais de cinco anos, a Becomex vem desenvolvendo e aperfeiçoando a metodologia para projetos de Drawback Isenção Intermediário nesta cadeia produtiva e com acordos celebrados com a maioria das montadoras e mais de 40 fornecedores.