07 de fevereiro de 2017 por Becomex

Principais impactos da Versão 4.0.0 do programa da ECD

No dia 6/2 Foi publicada a versão 4.0.0 do programa da ECD com as alterações referentes ao leiaute 5, que entre outras novidades cria uma série de regras para que seja possível a substituição/retificação de uma ECD.

Somente será possível a substituição de uma ECD quando as incorreções contidas nas mesma não sejam passiveis de correção através de lançamentos extemporâneos, conforme regra contábil brasileira.
Para os casos passiveis de substituição, será necessário Termo de Verificação para Substituição que conterá o detalhamento pormenorizado dos erros contidos na ECD, e para que o Termo tenha validade será necessária a assinatura de 2 contadores e de mais 1 auditor independente nos casos de ECDs auditadas.

Torna-se cada vez mais importante ter acuidade nos dados que envolvem a escrituração contábil digital uma vez que as regras para substituição estão mais restritivas. É imprescindível que a geração dos dados que serão disponibilizados ao Fisco sejam verificados e validados previamente através de uma solução sistêmica que permita aos usuários uma visualização clara e objetiva de possíveis inconsistências que venham se tornar base para uma fiscalização, bem como suas correções.

Com a utilização do módulo de geração de ECD do IRPJ Manager é possível realizar as validações necessárias para garantir que não teremos surpresas na entrega da ECD e também na utilização da mesma no preparo da ECF.
Essa mesma excelência é garantida nos nossos trabalhos de consultoria, uma vez que contamos com as soluções sistêmicas e também com a experiência de profissionais altamente gabaritados.

Fonte Receita Federal do Brasil

Becomex

Veja outros posts!