Reintegra

O dinheiro novo para ser investido em próximos projetos sem riscos à sua empresa

O Reintegra é um mecanismo criado pelo governo para devolver uma parcela dos impostos pagos na cadeia produtiva às empresas exportadoras de bens manufaturados no Brasil.

Dos 19 bilhões de reais que o governo esperava devolver às empresas brasileiras exportadoras por meio do Programa Reintegra, apenas metade (R$ 9,5 bilhões) foi resgatada. A outra metade ainda está na Receita, esperando que as empresas exportadoras do Brasil requisitem esse benefício fiscal.

Reintegra

Como funciona

Para buscar as melhores oportunidades para as empresas, seguimos uma metodologia própria e que já é referência no mercado para o pleito do benefício, cumprindo as seguintes etapas:

1 – Inteligência do Negócio

Contamos com uma equipe multidisciplinar capaz de analisar os dados de mais de 20 mil empresas exportadoras, por meio de informações do MDIC. Assim, com a nossa expertise e tecnologia, identificamos o valor potencial dos benefícios para cada exportador, que fica disponível para pesquisas e consultas em nosso portal.

2 – Consulta Potencial

Essa análise gera uma base de consulta segura que fica disponível às empresas interessadas e sinaliza o quanto é possível buscar, em créditos, esse benefício. É o chamado “dinheiro novo”.

3 – Qualificação

Para confirmar o potencial do prêmio Reintegra, organizamos as informações obrigatórias para efetivar o pedido de ressarcimento e avaliamos se:

  • As exportações foram de produtos transformados pela empresa.
  • As vendas foram entre 01/12/2011 e 31/12/2013, e/ou a partir de 01/10/2014.
  • Os registros dessas exportações foram devidamente averbados, com o enquadramento de exportações válidas.
  • São produtos cujas NCMs são/estão previstas na legislação.
  • O valor dos insumos importados ou valor FOB do produto exportado não é superior ao limite permitido (40% ou 65%).

4 – Negociação – Participamos do seu lucro e não das suas despesas

A nossa proposta de trabalho é o nosso maior diferencial. Nosso método garante a segurança e a integridade da operação com a remuneração diretamente relacionada ao valor efetivo do benefício apurado. Esse modelo inovador não requer desembolso preliminar ao projeto e nenhum compromisso, caso a operação não registre ganhos.

5 – Coleta de Dados

A partir da aprovação da proposta de trabalho, recebemos os dados e arquivos necessários para iniciar o projeto de análise, garantindo a segurança e a consistência das informações usadas em todo o processo.

6 – Processamento

Nessa fase, realizamos o cruzamento das informações garantindo a congruência dos dados e evitando riscos de contestação por parte da receita federal.

7 – Apresentação do Resultado

Apresentamos o relatório de auditoria, que será utilizado para solicitação do benefício.

8 – Disponibilização da PER

A última etapa é o Pedido Eletrônico de Ressarcimento – PER. Entregamos o resultado do projeto, com os arquivos e detalhamentos do pedido, devidamente estruturado no padrão exigido pelo Governo.

9 – Faturamento do Serviço

Atuamos com Taxa de Êxito sobre o valor do benefício válido apurado, um valor mínimo de consultoria e uma taxa regressiva, que depende da faixa de valor então calculada.

Reintegra

Resultados

Sinalizamos com segurança e clareza as oportunidades de trazer o benefício para a empresa, buscando dinheiro novo e que poderá ser investido nos próximos projetos. Além disso, é uma oportunidade de fortalecer o caixa da empresa e tornar seus produtos fabricados no País e exportados para outros mercados ainda mais competitivos.

Até outubro desse ano, a Becomex totalizou R$ 308.760.000,00 em créditos de Reintegra recuperados para os nossos clientes.

Consulte seu potencial
levantina
“Para nós da Levantina, firmar uma parceria sólida com a BECOMEX representou um salto de qualidade na gestão de temas fiscais importantes, com impacto positivo direto na geração de caixa da empresa. O alto nível de profissionalismo da equipe BECOMEX é também um diferencial a ser destacado.”
Vendas para a Zona Franca: conheça os desafios que as empresas enfrentam para solicitar créditos do Reintegra
22/02/2019 Leia mais >

 
Sua empresa comercializa para a Zona Franca de Manaus? Então você deve organizar as notas de transações efetuadas para a região, pois você tem direito a solicitar créditos do Reintegra.
A decisão foi divulgada pelo STJ dia 19/02 e estendeu às empresas exportadoras que fazem vendas para a ZFM os benefícios do programa de incentivo fiscal….

O Reintegra não é benefício fiscal ou brinde. O Reintegra é direito das exportadoras
20/12/2018 Leia mais >

Por Murilo Ramos

Já se passaram 6 meses desde a Edição Extra do Diário Oficial da União, divulgada no dia 30 de maio de 2018, quando foi publicado o Decreto n. 9.393/18 que reduziu a alíquota de apuração do Reintegra de 2% para 0,1%….

Reintegra: por que é importante ter uma consultoria quando chega a notificação da Receita Federal?
16/08/2018 Leia mais >

Vamos imaginar um quase pesadelo bem comum para as empresas exportadoras que solicitam o benefício do Reintegra. Você reúne todos os dados, entrega o PER, acredita que está tudo certo e fica aguardando a compensação dos impostos, ou aquele recurso extra que fará diferença no seu fluxo de caixa….

Que apoio esperar da consultoria na correção dos processos do Reintegra?
Leia mais >

Quando você contrata uma consultoria especializada em recuperação de benefícios fiscais como o Reintegra a primeira coisa a esperar com certeza é dinheiro no seu caixa com muito mais agilidade e segurança nos pleitos. Se você já começou errado e agora precisa corrigir,…

A diferença entre calcular o Reintegra na mão ou ter o apoio de inteligência e tecnologia
13/06/2018 Leia mais >

Imagine ter a oportunidade de receber um valor expressivo, mas o cofre fica em outra cidade. Além de não conhecer o trajeto, o seu carro não é muito bom e você não sabe quais são as condições da estrada.
Se pudesse escolher entre pegar aquele antigo mapa de papel e ir sozinho dirigindo seu próprio veículo ou contratar um motorista experiente,…

REINTEGRA: redução da alíquota de apuração para 0,1%.
01/06/2018 Leia mais >

Na edição extra do Diário Oficial da União, de 30 de maio de 2018, foi publicado o Decreto n. 9.393/18 que reduziu drasticamente a alíquota de apuração do REINTEGRA de 2% para 0,1%. Dita alteração entrará em vigor a partir de hoje,…