<span>Otimização</span> CEST

O CEST - Código Especificador da Substituição Tributária tem por objetivo estabelecer uma forma de identificar as mercadorias e bens sujeitos ao regime de substituição tributária e de antecipação de recolhimento do ICMS, relativos às operações subsequentes. Antes do CEST, os produtos eram classificados com a NCM e uma descrição apenas.

Empresas que emitem NF-e ou NFC-e em produtos comercializados que estiverem na tabela do convênio ICMS 92/15 estão obrigadas a usar o CEST para este produto – mesmo que a operação não seja de venda ou até mesmo se o seu estado não participa da substituição tributária.

Otimização CEST

Como funciona

Nossa atuação para a classificação no CEST está fundamentada na minimização dos riscos de compliance e capacitação das equipes envolvidas. Ainda oferecemos automação desse processo, conferindo mais segurança e agilidade.

Nossa ferramenta de otimização e saneamento cadastral permite a importação de dados da empresa para o nosso portal de Gestão Tarifária para alinhar o processo com as obrigações já entregues ao governo, como SPED e XML de Notas Fiscais.

Criamos um processo de interface para que o cliente possa identificar todos os itens que precisam receber o código. Nossa ferramenta está dividida em três etapas:

Entrada: onde realizamos o cadastro de itens a partir dos arquivos SPED Fiscal dos últimos 24 meses.

Processamento: criamos o Portal da Gestão Tarifária com o módulo de otimização dos itens CEST, o que permite a escolha e o saneamento dos dados.

Saída: geramos um arquivo com todos os itens, NCM e CEST para cada um deles.

Nossa ferramenta permite o processamento dos dados importados do ERP da empresa e uma validação para a escolha correta do código.

Além disso, monitora as transações comerciais para que itens comprados e vendidos possam ser previamente identificados. Isso permite apontar erros e falhas no processo de emissão de nota fiscal.

Otimização CEST

Resultados

Nossa ferramenta soluciona a ambiguidade da tabela do código, já que é possível existir um CEST para várias NCM e, ainda, uma NCM com mais de um código válido.

Nossa equipe tem profissionais especializados e com amplo conhecimento da tabela dos códigos e das novas regras de cadastros, o que evita o risco de exposição e multas para os clientes. Afinal, os cálculos de impostos são baseados no código.

Além de evitar multas e exposição, nossa ferramenta otimiza o processo de saneamento do cadastro dos itens, muito mais controle e agilidade no processo.

Award e Becomex fecham parceria para maior oferta de serviços de consultoria estratégica tributária com foco no interior de São Paulo
23/05/2019 Leia mais >

A Award – empresa de auditoria e consultoria tributária com bagagem trazida de segmentos como sucroalcooleiro, agribusiness, varejo, indústria, serviços e transportes – expande a sua oferta de serviços e fecha parceria com a Becomex – empresa de tecnologia e consultoria especializada na área tributária,…

Solução de Consulta Interna Nr. 2 (29/04/2019)
10/05/2019 Leia mais >

Em 29 de Abril de 2019 a Receita Federal do Brasil divulgou a Solução de Consulta Interna 2, trazendo esclarecimentos a respeito da legislação de Preços de Transferência, especificamente nas operações de exportação do Suco (sumo) de laranja.
A Solução de Consulta Cosit não tem força de Lei ou de Instrução Normativa,…

Saiba quais os 3 principais desafios dos profissionais que trabalham com Transfer Pricing
05/05/2019 Leia mais >

 
Com base no que temos ouvido do mercado e através dos nossos clientes, destacamos os 3 principais desafios dos profissionais que atuam com a apuração de TP nas empresas.
Será que você se enxerga em algum desses cenários?
 
1 –…

Conheça agora as principais mudanças ocorridas nos manuais da ECD/ECF
26/04/2019 Leia mais >

 
O prazo final para entregar as obrigações fiscais ECD/ECF está se aproximando, e com ele, a necessidade de adequação às novas regras.
O contribuinte tem até o dia 31 de maio e 31 de julho para fazer as entregas correspondentes às competências do ano-calendário 2018….

Empresas que não apresentaram o Siscoserv são intimadas pela Receita Federal
18/04/2019 Leia mais >

 
Uma discussão que sempre pairou em torno do Siscoserv é referente às penalidades previstas em lei para essa obrigação acessória.
Por que devo me preocupar com o Siscoserv se não há a obrigatoriedade de informar imposto nessa declaração?
Primeiramente, precisamos entender quais são as penalidades previstas em lei para fins de Siscoserv….

Acúmulo de crédito: saiba agora como resolver esse problema
16/04/2019 Leia mais >

Acumular créditos de impostos é comum na rotina tributária das empresas.
O fluxo de compra e venda, associado aos incentivos fiscais que alguns setores possuem, são os responsáveis pelo volume de dinheiro parado nos caixas das organizações.
Encontrar estratégias para equilibrar a quantia de crédito e débito é,…